O Martelo e a Coroa, um diálogo entre o filósofo Nietzsche e o Imperador Dom Pedro II

Não teria sido fascinante?

10 de SETEMBRO de 2020

Icone Compartilhamento Facebook Icone Compartilhamento Twitter Icone Compartilhamento Google Plus Icone Compartilhamento Tumblr Icone Compartilhamento Pinterest Icone Compartilhamento Linkedin

O Martelo e a Coroa, um diálogo entre o filósofo Nietzsche e o Imperador Dom Pedro II

Sobre o que eles conversariam? Quais as reflexões e questionamentos seriam levantados por essas duas figuras tão icônicas da história?

Foi imergindo nessas questões que autor do projeto Bruno de Souza, entendendo o cinema como uma forma de união de todas as artes, encabeçou o projeto “O Martelo e a Coroa”. A história sobre o possível encontro entre Nietzsche e Dom Pedro II é bastante discutida na literatura, inclusive no artigo do Prof. Dr. Geraldo Pereira Dias, que é o revisor técnico do roteiro deste projeto. A veracidade desse encontro é controversa, porém, ao propor um filme ficcional, o intuito é explorar o potencial de um diálogo entre dois antagônicos personagens históricos, evidenciando suas peculiaridades e legados. Esse será um filme para mudar paradigmas!

SINOPSE

A história se passa na Europa, no final do século XIX, no interior de um trem. Na ocasião viajava o Imperador Dom Pedro II com sua longa barba e semblante cansado, reflexo da dura Guerra do Paraguai, quando um enigmático homem dono de um proeminente bigode e um amontoado de livros adentra, por engano, o luxuoso Carro do Privativo do Imperador. Gentilmente, Dom Pedro II convida Nietzsche para acomodar-se. Então, nasce um diálogo marcado por reflexões políticas, filosóficas e antropológicas, que proporcionam um instigante embate de ideias entre essas duas mentes tão distintas.

PROJETO

O projeto consiste na produção de uma obra cinematográfica ficcional, para possível exibição em salas de cinema, TV e serviços de streaming. O filme já conta com a equipe de produção e elenco prontos. A previsão para o início das gravações é junho de 2021.

FAÇA PARTE DESSA HISTÓRIA!

É possível apoiar o projeto até o dia 14/10/2020. Caso o orçamento do filme não seja completado, todos os apoios serão devolvidos aos devidos colaboradores. A equipe da produção está em busca de apoiadores, parceiros e amigos que contribuam com o projeto. Existem muitas cotas de apoio que vai de 20 reais até 15 mil reais e todas com recompensas proporcionais aos valores..

Tudo está explicado no site de financiamento coletivo: catarse.me/omarteloeacoroa

SOBRE O AUTOR E DIRETOR

Nascido em Minas Gerais, na pequena cidade de Poço Fundo, Bruno de Souza após vários trabalhos no teatro musical, resolveu se aventurar no cinema. O primeiro curta-metragem "Um canto para dormir" foi selecionado para vários Festivais e Mostras de Cinema, ganhando prêmios inclusive em sua primeira exibição. Depois disso foram vários curtas como "Kanãnãi-A metáfora do prêmio" (realizado com índios pataxós falando sua língua nativa), entre outros. Bruno foi convidado então para dirigir o longa-metragem chamado "À flor da pele 2". Atualmente está finalizando a adaptação da obra de Waldir de Luna, no longa o "O Zebuzeiro"

VEJA TAMBÉM

Keanu Reeves aos 56. A estrela de John Wick, The Matrix, Point Break e Speed fala sobre seu amor por motocicletas, manter a forma e seu medo da morte

Porcelanatos em grande formato para além dos pisos

ACOMPANHE O DIA E A NOITE DOS FAMOSOS PELO NOSSO INSTAGRAM


O Martelo e a Coroa, um diálogo entre o filósofo Nietzsche e o Imperador Dom Pedro II



Portfólio TV PORTFOLIO TV

Baile do Copa 2020 entrando na festa

Baile do Copa 2020 entrando na festa

Baile do Copa 2020 Cordão da Bola Preta no Golden Room

Baile do Copa 2020 Cordão da Bola Preta no Golden Room

Baile do copa 2020 receptivo com a Bateria Balanço Zona Sul

Baile do copa 2020 receptivo com a Bateria Balanço Zona Sul

Momento do show de Serjão Loroza no Baile do Copa 2020

Momento do show de Serjão Loroza no Baile do Copa 2020

Momento do show de Serjão Loroza no Baile do Copa 2020

Todos os direitos reservados l Copyright c Revista Portfolio Brasil 2017