CAPA DA SEMANA: OS QUERIDOS CATHERINE BASCOY E GUI NAPOLITANO

Eles formam um dos casais mais queridos da web e contam, nesta entrevista, para este repórter a sua trajetória de sucesso e do momento que vivem de pura felicidade

12 de JUNHO de 2021

Icone Compartilhamento Facebook Icone Compartilhamento Twitter Icone Compartilhamento Google Plus Icone Compartilhamento Tumblr Icone Compartilhamento Pinterest Icone Compartilhamento Linkedin

CAPA DA SEMANA: OS QUERIDOS CATHERINE BASCOY E GUI NAPOLITANO

Olá caros leitores e leitoras, amigos e fãs de um dos casais mais queridos da web! Para satisfazer minha própria vontade e a vontade de fãs afoitos (Hahaha, confesso que me tornei um deles!) meus entrevistados de hoje são Catherine Bascoy e Gui Napolitano. Um dos casais mais amados por este repórter que aqui se desmancha em elogios pelo adorável casal. Por conta das dificuldades atuais, decidimos que faríamos esta entrevista por telefone. Então vamos a ela?

LUIZ ALBERTO: Oi Cathe e Guy, que bom falar com vocês gente! Antes de começar nosso bate papo eu tenho que contar pra vocês o seguinte que seus fã-clubes são um verdadeiro batalhão de choque, que maravilha! Já fiquei amigo de quase todos... Que fã-clube é esse, gente? Hahaha

CATHERINE BASCOY: Oi queridoooo! Eles são uns amores, não são? Hahaha...

GUI NAPOLITANO: São super ativos mesmo...

LA: Um fã-clube nos procurou para sugerir foto com vocês dois porque estava chegando o Dia dos Namorados, e aí, Gui, Cathe, vocês não estão entendendo... (gargalhadas gerais!), foram 50 directs.! Eles foram avisando um ao outro, ao outro, ao outro... resultado: fiquei amigo de um monte (risos), acabei seguindo um monte e a gente fica trocando figurinhas.

GUI: Muito legal isso! Eles são demais mesmo...

LA: Mas eu adoro. Eu adoro o fã clube porque sabe mais de vocês do que vocês mesmos (hahhaha). Eles acompanham vocês em tudo quanto é lugar. Eles vão mandando notícia e é legal esse contato porque eles são tão adoráveis, o engajamento deles é tão legal. Eu adoro!

Mas vamos à entrevista. Vou começar com a Cathe.

CATHE: Vamos então querido.

LA: Você começou em 2014 como influencer e como é que foi, você fez um post que viralizou, foi fazendo outro, conta essa história...

CATHE: Vou te contar desde antes. Comecei a trabalhar como modelo de fralda Pumpers, rsrsrs

LA: Aaaaaaa, para tudo! Que bebê fôfaaaa!!!!

CATHE: Pois é. Mamãe me botou para fazer fotos, daí comecei a fazer alguns trabalhos como modelo quando era bem pequenininha, cheguei fazer alguns desfiles para Lilica Ripilica. Eu era bem exibida...(risos) hoje eu sou bem mais tímida. Acredita? Eu tinha uns 15, 16 anos quando comecei a gravar alguns vídeos, comecei a postar várias fotos, trabalhar com alguns fotógrafos, comecei a postar no instagram e gostei. Então falei pra minha mãe: “Eu quero trabalhar com isso, eu adoro”. Eu fiz um curso de teatro também e apresentamos a peça Macunaíma...

LA: (interrompendo) Olhaaa!

CATHE: Mas aí as coisas foram fluindo, meu instagram foi crescendo e nem tanto por intenção minha. Mas comecei a me envolver com pessoas que trabalhavam com instagram, comecei a postar coisas de casal, o meu perfil começou a crescer, crescer, crescer...

LA: Que legal, Cathe. Aliás, Gui te chama de Cathe ou Cathê? Tô chamando de Cathe... rsrs

CATHE: É Cathe...

GUI: (interrompendo) Na verdade, eu chamava de Cathe, mas ... tô chamando de Cathê...

CATHE: A maioria me chama de Cathe, eu prefiro, mas... rsrsrs

LA: Cathê é bonito também. Deixa eu terminar essa parte com você. Queria fazer uma entrevista de quilômetros com você. Vocês são muito fofos. Sinceramente. Ah... você tem uma super amizade com sua mãe e ela acompanha tudo, não é isso?

CATHE: Sim, minha mãe sempre foi muito próxima e ela continua.

LA: Ela trabalha com você?

CATHE: Não. Minha mãe tem uma corretora de seguros, nada a ver com o meu trabalho. Mas ela procura me acompanhar sempre que eu peço, “Mãe, me ajuda aqui...”

LA: E as orientações de D. Caroline são sempre...

CATHE: É assim, meu pai entende tudo da área financeira e ele me ajuda nessa parte...

LA: Então você está bem assessorada! Seu pai, Sr. Carlos, no suporte das finanças...

CATHE: E minha mãe é formada em publicidade, então ela me ajuda sempre que eu preciso.

LA: Perfeito. Agora vou mudar o tema desta entrevista e daqui a pouco quero saber mais de você Gui como foi sua trajetória até aqui. Como vocês se conheceram?

GUI: Conheci a Cathe pessoalmente em uma live. Já tínhamos conversado pelo direct do instagram, mas não tinha sido nada de paquera, nada do tipo, era só conversa mesmo...

CATHE: Ele disse que tinha um cachorro igual ao meu... rsrsrs

LA: Aham, ele já estava de olho em você Cathe! Rsrsrs... Bem espertinho hein Gui? Dizendo que tinha um cachorro igual ao dela... ham... vai, continua...

CATHE: Hahaha...

GUI: Mas a gente não chegou a ter contato direto. Era de vez em quando pelo direct. Mas teve uma live de um amigo nosso em comum em Sergipe e acabamos nos conhecendo pessoalmente. Estávamos na live juntos, depois pegamos praia juntos. Essa viagem durou dois dias e conversamos bastante. A gente voltou, num domingo. Segunda-feira a gente já combinou de se ver. Tínhamos trocado telefones e ela me passou um zap me perguntando se eu queria jantar na casa dela?

CATHE: (interrompendo) Porque quando eu saio a primeira vez com alguém, nunca saio em lugar público, porque não gosto que saia nada meu...

LA: Exatamente, porque se alguém ver, já coloca que está namorando...

CATHE: Isso, para não começarem a especular nada. Aí eu chamo pra ir em casa, e também já conhece todo mundo.

GUI: Porque a gente, que vive nesse meio, já não tem privacidade. Então, principalmente nesse momento que estamos conhecendo uma pessoa, melhor não ir a um lugar público. Começam sair especulações e, às vezes, nem tem nada. E foi o que aconteceu. Começou a sair que a gente estava junto e, na verdade, nem tínhamos ficado ainda.

LA: Isso porque estavam juntos na mesma live...

GUI: Nem foi por isso. Porque estávamos na mesma casa e no dia seguinte eu apareci no story dela, no reflexo de um espelho na cozinha. Aí o povo já começa a criar coisas. Sabe? Poderia até nem ter rolado nada.

LA: Internet é muito engraçada, descobriram o reflexo... Hahaha...

GUI: Exatamente. Então, nesse momento, pra nós dois, foi melhor algo mais íntimo, meio que no sigilo, pra gente estar junto só a gente.

LA: Agora eu vou te testar: Você sabe o dia que começaram a namorar?

GUI: Namorar foi dia 12 de fevereiro.

LA: De que ano?

GUI: Desse ano. A gente ficou dia 15 de dezembro de 2020. Aí não paramos mais de se ver. Todos os dias. Ela me chamou para passar o Ano Novo com ela, nos encontramos no Natal também e aí não paramos mais...

LA: Se grudaram...

GUI: Muito. E no dia 12 de fevereiro eu a levei para passear de balão e saltar de paraquedas, porque ela nunca tinha saltado e eu já. Ela gostou muito. Foi lá que eu a pedi em namoro.

LA: Uau! Que cara romântico! Muito bacana... Vamos para o lado profissional, você é jornalista, não é?

GUI: Jornalista e tenho o DRT de modelo também, tenho formação em aviação, já morei fora para aprender o inglês...

LA: Você foi pra onde?

GUI: Eu morei na Austrália em 2011.

LA: Eu adoro a Australia, você gosta?

GUI: Muito. Amo viajar, aliás, nós dois. Se tem uma coisa que a gente gosta demais é viajar.

LA: E no jornalismo, você quer trabalhar nesta área?

GUI. Sim, eu gosto! Inclusive tenho uma novidade, que tem um pouco do jornalismo. Já trabalhei no meio, porém depois acabei atuando como modelo. Mas eu gosto, porque sou um cara muito comunicativo, tenho facilidade na área de comunicação e agora estou com um canal no YouTube, onde vou começar a lançar uns vídeos lá e, dependendo do conteúdo que você leva para o canal, é uma forma de jornalismo. Já tive experiência de apresentar lives, que também achei muito bacana. Subir vídeos para o canal é uma das coisas que quero fazer, eu sei que preciso me dedicar muito para fazer acontecer, fazer dar certo, mas não é só no canal que eu quero trabalhar. É um plus a mais na minha carreira. A Cathe vai me ajudar muito porque ela já tem o canal dela há um tempo, tá bem ativa lá e acaba me ajudando, sabe...

LA: Ótimo, porque aí vocês trocam experiências a respeito disso, já que ela está há mais tempo. Mas você pretende seguir qual linha de jornalismo, esportivo, por exemplo?

GUI: Eu sou apaixonado por esporte. Inclusive é um dos temas que vou trazer bastante para o meu canal, porque tenho amizade com muita gente do esporte. Eu participo de uma live beneficente todo mês de um canal de esporte. Conheço muitos atletas, ex atletas, jogadores que já foram para Copa do Mundo, então eu tenho uma grande abertura com o pessoal do esporte. E faço muita atividade em esportes radicais.

LA: E também acho que está faltando algo diferente no YouTube com essa pegada, você não acha?

GUI: Exatamente. Conheço muita gente que tem canal de esportes, tem muito de futebol que eu gosto muito, acompanho muitos, eu tenho a ambição de fazer algo relacionado a esportes também.

LA: Aaa legal... Você estão indo passar o Dia dos Namorados onde? Pode dizer?

GUI: Sai quando a matéria?

LA: Sai amanhã. Hahaha!

GUI: Posso falar, porque a gente vai hoje. Estamos indo pra Angra dos Reis.

CATHE: A gente tá colado mesmo!

LA: Isso mesmo amada, segura seu gato! (muitas gargalhadas...)

GUI: É porque gostamos de fazer suspense mesmo. Ninguém está sabendo pra onde vamos. Pra que o público fique curioso, para interagirem com a gente, você viu como eles são super ativos, muito intensos...

LA: São, maravilhosos, estou apaixonado. Eu adorei falar com vocês. Vocês dois são muito gracinha, estou apaixonado, vocês são muito fotos, hein Cathe...

CATHE: Aaaaa querido. Muito obrigada!

LA: Vocês são lindos, uns amores, tratando sempre todos com muito carinho, muita consideração à imprensa. Vocês viram que somos uma imprensa meio que diferente do que rola por aí, porque não curto canal de fofoca e não aguento mais fofoca...

GUI: Exato. E é legal. Quando vocês me procuraram, eu falei pra Cathe, “olha a gente vai fazer esse ensaio, eles são muito legais”, a gente tem um retorno legal também, vocês estão de parabéns. Esse lado da fofoca cresceu muito porque as pessoas gostam muito de falar da vida do outro. Tudo que é furo de reportagem eles dão, mas ficam entrando na vida pessoal que às vezes até bomba, mas nem sempre é o que a gente gosta, infelizmente.

LA: Nesse lado a gente se recusa a entrar, não vamos entrar, não é nossa praia. Já tivemos revista impressa, desde 1986, e nunca entramos nessa, não curto, eu não gosto. Eu acho que você pode destruir a vida das pessoas. Está aí nossa amada Luisa Sonza, sofrendo horrores. Eu tenho um carinho muito grande por ela. Sabia que a única revista que ela segue é essa? Amo Luisa. Tenho também um imenso carinho por tantos outros que sofrem igual. Eu tenho horror. Esses perfis de fofoca podem ganhar milhões de seguidores, mas não sei se essas pessoas são fiéis. São fiéis enquanto você faz fofoca. Se para de fazer não tem fidelidade de ninguém. Então você vai criando um monstro.

GUI: Exatamente. E afeta bastante, mas a gente aprende a lidar com isso. No começo foi difícil porque em qualquer lugar que a gente estava, saia em site de fofoca, mas agora está muito bom. Tipo uma matéria dessa com vocês é bem bacana.

LA: Me diga, como vocês lidam com algum comentário que não agrada? Porque se rolar um comentário ruim no instagram de vocês tem um batalhão para derrubar, né? Hahaha! Tem uma tropa de choque terrível!

CATHE: Eu sempre me abstraio muito, porque se não... Quando eu comecei a ficar com o Guilherme, queriam me atacar, falaram que iam fazer macumba pra mim. Eu olhava aquilo e mandava luz pra vida daquelas pessoas. Eu não me importava, eu sei o quanto sou blindada. E se for para você trabalhar com internet, se você não for assim, não funciona. Você acaba ficando pra baixo. Eu tenho muitas atividades, pratico muito esporte, treino, danço, então eu foco nessas coisas e não em outras irrelevantes.

GUI: Eu também nunca discuti com ninguém na internet. No começo era difícil porque eu não sabia lidar, mas tive ajuda de muita gente da mídia que me ensinou muito, a Nicole Bahls me deu muito conselho, sou muito amigo dela...

LA: Amo essa garota. Nicole é divertida e não está nem aí pra essas coisas... Ela é um amor!

GUI: Ela é demais. Pra mim foi muito bom essas dicas. Eu nunca levei para o lado pessoal. Teve alguns momentos que cheguei a ficar mal porque afetava não só a mim, mas a minha família. Mas isso já passou. E eu falo muito isso para os meus fãs, porque ele se apegam muito aos ataques, porque é como você falou, nós temos uma tropa muito grande que vai sempre defender a gente. Então eu falo, quando tiver comentários negativos, não dê palco, isso é que vai fazer com que aquela pessoa vai ter atenção. O Breno, namorado da Paula Amorim, falou: “eu amo meus haters porque eles me dão engajamento” é um lado bom, mas também tem o lado ruim, porque eles estão lá, mesmo não gostando, estão lá, Mas tem que ignorar porque não vale a pena.

LA: É só não passar do limite. Ou, quer saber, joga pro alto e faz como o Marcus Majella faz, pega um potinho e fala: olha guardei sua mágoa aqui. Hahaha!

 

Olha aqui gente, foi um barato conversar com vocês. O fã-clube de vocês tem toda razão, vocês são demais, são muitos carinhosos, são muito amáveis, tem um caminho maravilhoso pela frente, tenho absoluta certeza, porque do jeito que são, ganham o coração de todo mundo, tô aqui apaixonado. Foi uma das melhores entrevista que eu fiz. Beijos meus amores! Boa viagem, amo vocês, seus lindooooosssss!!!!

GUI: Obrigado de coração. Um beijo.

CATHE: Obrigada meu amor. Beijoooo

LA: Bom dia dos Namorados pra vocês, Se amem muito. Se beijem muito, sejam felizes.

E chega ao fim meu bate papo com esse casal apaixonante. Lindos, alto astral, de uma simpatia sem igual. Espero que tenham gostado queridos leitores. Aqui rolou muita empatia e carinho! 

Fiquem agora com o super ensaio de autoria do fotógrafo @sergiocyrillo_ com make e hair de @menezesbruu_ e stylist de @fagnervittorio

VEJA TAMBÉM

Conversando com Ivy Moraes, a influencer conta sobre sua trajetória após o BBB

Zezé Di Camargo grava EP Rústico com captação de imagens

ACOMPANHE O DIA E A NOITE DOS FAMOSOS PELO NOSSO INSTAGRAM


CAPA DA SEMANA: OS QUERIDOS CATHERINE BASCOY E GUI NAPOLITANO



Portfólio TV PORTFOLIO TV

Paulo Ricardo no Stalkeados por Luiz Alberto 02

Paulo Ricardo no Stalkeados por Luiz Alberto 02

Jakelyne Oliveira e Mariano no Stalkeados por Luiz Alberto

Jakelyne Oliveira e Mariano no Stalkeados por Luiz Alberto

Gui Napolitano e Catherine Bascoy no Stalkeados por Luiz Alberto

Gui Napolitano e Catherine Bascoy no Stalkeados por Luiz Alberto

Paulo Ricardo no Stalkeados por Luiz Albrerto

Paulo Ricardo no Stalkeados por Luiz Albrerto

Paulo Ricardo no Stalkeados por Luiz Albrerto

Todos os direitos reservados l Copyright c Revista Portfolio Brasil 2017