Duda Reis entrevistada por Luiz Alberto

Uma mulher fascinante!

19 de SETEMBRO de 2021

Icone Compartilhamento Facebook Icone Compartilhamento Twitter Icone Compartilhamento Google Plus Icone Compartilhamento Tumblr Icone Compartilhamento Pinterest Icone Compartilhamento Linkedin

Duda Reis entrevistada por Luiz Alberto

Sim, ela mostra que você pode o que quiser! Com doçura, objetividade e muita personalidade. Viva as pessoas que sabem bem o que querem!



Queridos leitores, todos os domingos venho aqui, sempre muito empolgado, com mais uma entrevista feita. Tenho repetido, em todos os domingos, que fiz uma entrevista incrível! Ok meus amores, desta vez eu entrevistei uma das pessoas mais belas que já conheci na minha vida! A Duda Reis me encantou pela sua beleza, mas me encantou muito mais pela maneira linda que vê a vida, mais ainda pela forma madura e despretensiosa que administra sua carreira e a vida pessoal. A Duda é doce, gentil, inteligente, curiosa, assertiva e talentosa. Eu poderia estar aqui falando dessa menina/mulher muito mais e sobre qualidades interessantes que seriam exemplos que muitos de nós deveríamos seguir. Mas, vou parar por aqui. E se você for sensível como esse repórter, entenderá tudo lendo esse papo delicioso que tive com ela. A propósito, durante esta entrevista você vai notar que eu converso com Dudinha (estou chamando assim...)  como se a conhecesse há muito tempo. Na verdade, por conta de uma falha técnica, a primeira entrevista não foi gravada. Imaginem meu desespero! Mas que nada, essa garota gentil e generosa compreendeu o meu problema e imediatamente se predispôs a falar comigo em outro dia. Tem como não amar uma pessoa dessa? Duda passa longe dos estrelismos dos achaques e ataques de muitas estrelas. E, por isso mesmo, ela chega onde quer porque sua estrela brilha de uma forma inexplicável. Então, vamos à entrevista!



LUIZ ALBERTO: Bem vinda meu amor! Esse jornalista é seu fã number one. Esse cargo não dou para ninguém, viu? Prazer ter você aqui comigo.



DUDA REIS: Igualmente. É um prazer ter você aqui novamente.



LUIZ ALBERTO: Você é maravilhosa! Só isso tenho para dizer... (risos)



DUDA REIS: (risos) obrigada!



LUIZ ALBERTO: Eu vou começar com a Duda Reis, criança, em Volta Redonda, sua cidade natal. Ela fez uma festa de 15 anos e resolveu gravar os bastidores dessa festa e foi um sucesso.



DUDA REIS: Haan... Eu não tinha nem Instagram...



LUIZ ALBERTO: Mas ganhou milhares de seguidores com essa história de gravar sua festa de 15 anos.



DUDA REIS: Foi. Eu não tinha Instagram porque meus pais não me deixavam ter. Então, criei o Instagram porque queria mostrar minha festa, porque na época estava na moda de colocar hashtags, de fazer ensaios da festa e aí falei, “Quero fazer também.” Meus pais me deixaram criar o Instagram e comecei a mostrar os bastidores da festa e nem tinha o perfil privado, eu era de uma cidade do interior. Não via problema. Só que minha festa começou a sair em vários sites de festa e muita gente foi acompanhando e logo já estava com mais de 20.000 seguidores (risos). Foi uma loucura.



LUIZ ALBERTO: Gravou a festa também?



DUDA REIS: Claro! A festa está toda documentada. Foi ótima! (risos)



LUIZ ALBERTO: Que fofura!



DUDA REIS: Eu fiz uma floresta encantada. Foi tema de fada a minha festa.



LUIZ ALBERTO: Olha isso, que legal! (e fofo, pensei) Aí você fez esse sucesso todo e resolveu ir para o Rio de Janeiro. Mas antes de falarmos sobre essa ida, vamos falar que desde pequena você queria ser atriz. Olhava a televisão e falava, “vou estar ali dentro!” É isso?



DUDA REIS: Desde pequena. Meus pais, aliás, a família inteira, digo isso porque todos os meus tios, minha família só tem médicos. Eu queria uma profissão diferente.



LUIZ ALBERTO: Subverteu a ordem. (Gargalhadas)

DUDA REIS: Eu brinco, falo para os meus pais, “ainda bem que não sou médica, porque se alguém chegasse passando mal pra mim ia morrer antes que da pessoa”, ia ser uma tragédia...



LUIZ ALBERTO: (risos) A única a subverter a ordem da família foi você então?



DUDA REIS: Total. Eu falei, “olha gente, não dá pra mim, eu não vou”. E desde pequena eu falava, “vou ser artista, vou ser atriz” e meu pai falava, “vai não”, minha mãe, “nossa, não”. Aí, pegava as roupas da minha mãe, o salto alto da minha mãe, era um personagem para cada look, sabe? (risos) Então, com 15 anos, meu pai falou, “você quer mesmo?”, falei, “quero mesmo!”. E ele me inscreveu no curso do Wolf Maia.



LUIZ ALBERTO: Seus pais se mudaram para o Rio com você?



DUDA REIS: Não. Meus pais ainda moram em Volta Redonda. Vim morar sozinha no Rio, com 15 para 16 anos. Morei sozinha no Rio até os meus 19 e então vim para São Paulo. Quando me mudei para o Rio, estava fazendo o Wolf e comecei mais no teatro, não foi direto para Malhação. Fiz algumas peças antes. Fiz a peça A Gaivota.



LUIZ ALBERTO: É isso aí menina! E foi fazer A Gaivota (de Anton Tchekhov)Tartufo (de Molière) e Bonitinha, mas Ordinária (de Nelson Rodrigues). Textos poderosos.



DUDA REIS: São super mesmo! Na minha vida, acho que atraí personagens mais densos, mesmo sendo muito nova. Primeiro fiz A Gaivota, depois Tartufo e depois engatei com Bonitinha, Mas Ordinária. Eu fiz a personagem principal e foi surreal. Eu estava na escola de atores ainda, estava me formando, quando entrei em cartaz com Nelson Rodrigues. Aí me formei e já comecei a fazer os testes da Malhação.



LUIZ ALBERTO: Já foi para Malhação. Foi em 2019?



DUDA REIS: 2019 foi ao ar, mas comecei a fazer os testes em 2018, passei e comecei a fazer Malhação. Fiz a Mari, gravidinha.



LUIZ ALBERTO: Você fez a temporada Malhação Toda Forma De Amar que foi uma das maiores audiências... Eu acompanhei. Vi essa garota aí na tela e falei, “gente, quem é essa menina?” E agora estou com ela aqui na minha frente!



DUDA REIS: Ahhhh... Que fofo!

CONTINUE LENDO AQUI

NOSSAS CAPAS




Portfólio TV PORTFOLIO TV

Paolla Oliveira

Paolla Oliveira

André Martinelli

André Martinelli

Isadora Ribeiro

Isadora Ribeiro

Julia Puzzuolli. Elá é um fenômeno!

Julia Puzzuolli. Elá é um fenômeno!

Julia Puzzuolli. Elá é um fenômeno!

Todos os direitos reservados l Copyright c Revista Portfolio Brasil 2017