Milão, capital do design e da moda mundial

A cidade é o paraíso dos fashionistas e designers

27 de AGOSTO de 2020

Icone Compartilhamento Facebook Icone Compartilhamento Twitter Icone Compartilhamento Google Plus Icone Compartilhamento Tumblr Icone Compartilhamento Pinterest Icone Compartilhamento Linkedin

Milão, capital do design e da moda mundial

Quem acompanha as notícias sobre moda, sabe que Milão é uma das quatro grandes capitais da moda, ao lado de Paris, Londres e Nova Iorque. O que a maioria das pessoas não sabe é porque e como isso aconteceu.

A relação da moda com Milão é muito antiga e nos leva à Idade Média, quando na cidade e no seu entorno, havia centros de produção de tecidos, joias, tapeçarias, calçados etc., enfim, artefatos que têm relação com o gosto pessoal e com o próprio sentido de moda e identidade. Mas naquele momento a Itália não era um país unido como é hoje e os diferentes reinos tinham seus próprios interesses. Por essa razão, dentro do território que hoje chamamos Itália, tanto Roma quanto Florença, destacavam-se pela mesma razão: eles também produziam e comercializavam produtos de altíssima qualidade material e beleza estética.

A Itália finalmente foi unificada em 1891 e as três cidades passaram a disputar esse lugar de privilégio na moda, mas Milão destacou-se apenas após a Segunda Guerra Mundial.

Era difícil, pois Florença já realizava desfiles de moda e tinha uma clientela internacional e Roma tinha costureiros também internacionalmente renomados que atendiam, inclusive, as estrelas de Hollywood. O sucesso e o crescimento de Milão dependeu de forma decisiva da organização do setor.

Situada no coração da Lombardia – uma das regiões mais ricas da Itália – Milão é um polo econômico e cultural. Com uma população de 4.300.000 (que corresponde a quinta maior população da comunidade europeia) a cidade italiana alcançou o status de capital mundial da moda sendo responsável por promover os maiores eventos de moda da atualidade, bem como por concentrar as maiores grifes do mundo, em lojas e centros de compras luxuosos.

Milão é o paraíso dos fashionistas e designers. Todos os anos, o calendário dos eventos de moda abre em fevereiro e se estende por todo o ano, com duas fashion week anuais, além dos eventos de desfiles de coleção.

Com uma população bem mista, Milão é uma cidade cosmopolita e, profissionais de design e moda elegeram a cidade como sua morada. No conhecido "Quadrilatero D'oro" boutiques e palazzos de grifes como: Prada, Miu Miu, Valentino, Gucci, Versace, Bulgari e Marni, entre outras, convidam a consumir todas as maiores influências da moda na atualidade. Há também ateliês fechados, joalherias, bolsas, sapatos e brechós charmosos, onde você garimpa verdadeiras preciosidades.

O QUARTEIRÃO MAIS FASHION DO MUNDO

Localizado bem no centro de Milão, o conhecido "quadrilátero della moda", é um conjunto de quatro ruas que ditam a tendência mundial. São elas: via Manzoni, via della Spiga, corso Venezia e, principalmente, via Montenapoleone. Ao andar por esta quadra e se deparar com suas luxuosas lojas de vestidos, camisas, ternos, bolsas, sapatos, chapéus, luvas e joias, você entende perfeitamente a origem do título Capitale della Moda conferido a Milão. Os preços variados (embora altos, muito altos!) determinam também, qual o público frequentador deste quarteirão que recebe estilistas, top models, artistas e socialites que encontram ali a nata do fashion.

Em Via Montenapoleone, você encontra badaladas boutiques de grifes como: Alberta Ferretti, Armani Collezioni, Louis Vuitton, Montblanc, Paul & Shark, Prada, Valentino, Chanel, Gucci, Bulgari, Cartier e muitas outras que estão no topo do ranking das grifes mais importantes do mundo e queridinhas de influencers como Chiara Ferragni e Kim Kardashian.

PARAÍSO DOS OUTLETS

Na verdade as maiores e melhores Outlets de Milão estão fora da cidade, nos arredores, pois oferecem maior variedade de produtos, marcas e tamanhos, tornando a missão de garimpar, menos difícil.

Já as outlets do centro, são menores e pouco variadas, porém permitem aquela sensação única que só quem já garimpou um achado exclusivo já sentiu. Com sorte e paciência, é uma ótima opção de compras, principalmente para fashionistas inveteradas!

MILAN FASHION WEEK

A tradicional semana de moda de Milão teve sua primeira edição em 1958 e desde aquela época é organizado pela 'Camera Nazionale dela Moda Italiana' sendo hoje reconhecida como a semana de moda mais influente e importante de todo o mundo.

Ao contrário dos eventos realizados em Londres, Paris e Nova York – outras capitais da moda – a Milan Fashion Week conta com quatro edições anuais. Nos meses de janeiro e junho acontecem os desfiles de moda masculina e em fevereiro e setembro os desfiles femininos, atraindo gente do mundo inteiro em qualquer época do ano. Acredite! Tudo que você veste têm influência em Milão.

Milão, então, é o lugar onde tem muita informação de moda, onde estão localizadas as melhores escolas e onde a moda faz parte da cultura da cidade.

Por Mônica Matarazzo

VEJA TAMBÉM

Sumida da TV, a reclusa Ana Paula Arósio volta para comercial de banco. E ganha mais que os nomes mais badalados da mídia

Marcos Breda relembra cenas de sexo com Malu Mader e medo de sentir algo a mais pela atriz. "Qualquer atitude que seu p.. tome nesse momento é suspeito"

ACOMPANHE O DIA E A NOITE DOS FAMOSOS PELO NOSSO INSTAGRAM


Milão, capital do design e da moda mundial



Portfólio TV PORTFOLIO TV

Paolla Oliveira

Paolla Oliveira

André Martinelli

André Martinelli

Isadora Ribeiro

Isadora Ribeiro

Julia Puzzuolli. Elá é um fenômeno!

Julia Puzzuolli. Elá é um fenômeno!

Julia Puzzuolli. Elá é um fenômeno!

Todos os direitos reservados l Copyright c Revista Portfolio Brasil 2017