Stalkeados por Luiz Alberto: Thais Bianca

De panicat a empresária, influencer e musa da Rosas de Ouro

29 de AGOSTO de 2021

Icone Compartilhamento Facebook Icone Compartilhamento Twitter Icone Compartilhamento Google Plus Icone Compartilhamento Tumblr Icone Compartilhamento Pinterest Icone Compartilhamento Linkedin

Stalkeados por Luiz Alberto: Thais Bianca

Thais Bianca, foi Panicat e, como não é boba nem nada, aproveitou seu sucesso na TV, tornou-se influencer e empresária. Essa garota sabe o que faz. Vamos conversar com ela um pouco? Então vem comigo saber mais sobre a vida e carreira dela.

 

LUIZ ALBERTO: Oi linda, que bom ter você aqui!

THAIS BIANCA: Boa tarde? Tudo bem?

LUIZ ALBERTO: Eu estava lendo sua ficha aqui, você faz muita coisa! É empresária, é Musa da Rosas de Ouro, influencer...

THAIS BIANCA: Ahhh... Eu sou agitada, gosto de fazer muita coisa ao mesmo tempo.

LUIZ ALBERTO: Então vamos começar, porque de abril a dezembro de 2012 você integrou o elenco do Pânico na Band. Você foi Panicat?

THAIS BIANCA: Sim, fui Panicat de 2010 a 2012.

LUIZ ALBERTO: E depois você decidiu partir para outros caminhos.

THAIS BIANCA: É, sai do Pânico e entrei para o Legendários com Mion, fazia alguns quadros lá junto com ele. Agora com a internet, a TV deu uma grande parada para gente, então, normalmente em TV faço entrevistas, como para Daniela Albuquerque ou para a Luciana Gimenez na Rede TV.

LUIZ ALBERTO: Amo Luciana, amo.

THAIS BIANCA: Então, TV aberta desde o Mion parei. Aí resolvi montar minha clínica de estética porque eu trabalhava com isso e sou formada em estética. Eu sou esteticista, minha mãe era cabeleireira, então eu cresci no meio da estética, da beleza. Montei a clínica em São Paulo, onde fiquei por quatro anos, muito legal, só fechei por conta da pandemia. Como eu era sozinha, não tinha um fluxo de caixa, antes que virasse uma bola de neve, resolvi fechar. Foi a melhor coisa que eu fiz, porque com todas as incertezas não tinha como sozinha levá-la para frente.

Thais Bianca-Revista Portfolio-Foto Trumpas (1)

LUIZ ALBERTO: Você cresceu nesse ambiente de estética, beleza, então foi um grande lance para você montar a clínica.

THAIS BIANCA: Lembro que na época os contratos estavam acabando e a gente trabalhava também muito por campanhas, com contratos de seis meses, um ano. Hoje em dia, você faz trabalhos pontuais, para aquele produto ou marca e não tem vínculo algum. Atualmente é mais difícil conseguir um contrato de longo prazo. As marcas preferem também fechar com várias pessoas e não só com uma exclusiva. Então, pensei, “quer saber, pago para fazer procedimentos em clínicas, então, já que sou formada vou abrir minha própria clínica!” Foi uma experiência fantástica, cresci profissionalmente, como pessoa. Minha mãe tinha salão, eu trabalhava junto com ela, mas, não era eu que fazia a gestão. Com o fechamento da clínica, pensei, tenho uma ferramenta na mão que são as redes sociais, o instagram. Na época da clínica eu focava 100% nela. Fiquei mais para o lado de empreendedora, cuidando de funcionários, pagamentos, clientes, etc e parei de gerar os meus conteúdos para as redes, gerava só para a clínica. Então, fiquei quatro anos assim. Quando fechei a clínica, parti novamente para o instagram. Então, como tenho contrato de exclusividade com a Reebok, por ser esportista, toda semana gero conteúdo para eles e também os trabalhos pontuais.

AÍ, conheci o Alê, que é da joalheria, e sempre tive o sonho de ter uma collab minha. O Alexandre é da Lumen, de Campinas, e ele me falou: “Thais, vamos fazer uma collab de joias!” Então, é onde estou colocando toda a minha energia, meu tempo, onde estou apostando minhas fichas, montando uma coleção minha que fotografei com o Trumpas. Agora, no finalzinho de agosto, comecinho de setembro, é quando saem as minhas peças e, a partir daí, vender. Divulgar nas redes sociais, porque, fazer o produto é fácil, o difícil é vender.

LUIZ ALBERTO: Conta com a gente. Quero ver a coleção, hein? Quero ajudar a divulgar.

THAIS BIANCA: Obrigada!

LUIZ ALBERTO: Com todo prazer! Outra coisa, você é linda! Seu instagram é maravilhoso! Está com um milhão e tanto, está bombando, que legal hein?

THAIS BIANCA: Eu ainda estou me readaptando na rede social, porque eu venho da TV. E quando chegou a rede social era mais um canal para as pessoas saberem o que nós estávamos fazendo. E não para gerar conteúdo. Agora com essa leva de gente nova e o povo do YouTube que já estava acostumado a fazer vídeos de 15 minutos estão saindo na frente. Eu estou estudando um pouco do mercado, até mesmo para joias, como vou vender, estudar a plataforma para ver como posso tirar o melhor. Venho dia após dia alimentando a rede social, mas, ainda estou me adaptando. Eu não fazia conteúdo, fazia para a clínica. Hoje para postar uma foto tem todo o planejamento, por exemplo, de uma roupa, tem todo o cenário, tem toda uma história para fotografar a roupa, fazer o vídeo da produção, acaba sendo mais trabalhoso. É legal porque eu gosto, desse dia que você fica produzindo.

Thais Bianca-Revista Portfolio-Foto Trumpas (2)

LUIZ ALBERTO: E as fotos estão lindas! Tem a assinatura do nosso querido Trumpas...

THAIS BIANCA: Todas, todas.

LUIZ ALBERTO: Esse rapaz é bonzinho, né? Tem futuro! (gargalhadas)

THAIS BIANCA: O Trumpas é muito, muito, muito bom.

LUIZ ALBERTO: Você foi capa da Playboy também?

THAIS BIANCA: Abril de 2013.

LUIZ ALBERTO: Fez um grande sucesso, não?

THAIS BIANCA: Eu tinha o cabelo rosa. O Pânico fez a brincadeira de me deixar com o cabelo rosa, porém, deu muito certo esse marketing. No começo, as pessoas não sabiam nome de ninguém. Aí ficava, “ah, a menina do cabelo rosa, a menina do cabelo rosa” e nisso disparei e fiquei cinco anos com o cabelo rosa. Aí fiz a Playboy com o cabelo rosa e deu todo aquele bafafá por conta do rosa. Foi legal. Foi uma conquista, né? Estampar uma Playboy, nem existe mais, é uma honra.

LUIZ ALBERTO: Não existe mais a Playboy mas é muito bacana você estar nesse grupo de bem escolhidas. Agora quero falar de Carnaval, porque você é musa da Rosas de Ouro.

THAIS BIANCA: Já tem nove anos.

LUIZ ALBERTO: Menina, eu te vi na televisão e agora frente a frente. Eu adoro a Rosas de Ouro, sou fã. Um beijo para a Rosas de Ouro. Este ano estarei lá assistindo, batendo palmas para você.

THAIS BIANCA: Você já chegou a ir lá na quadra da escola?

LUIZ ALBERTO: Ainda não.

THAIS BIANCA: Tomara que... Parece que agora entre novembro e dezembro será liberado para começar os ensaios e você está super convidado para conhecer a quadra.

LUIZ ALBERTO: Eu vou porque adoro.

THAIS BIANCA: Eu sou formada em balé clássico. Desde pequenininha minha mãe me colocou na dança por eu ser assim meio agitada...

LUIZ ALBERTO: (Gargalhadas)

THAIS BIANCA: Então, me formei em balé clássico... Engraçado da Rosas de Ouro é que quando entrei no Pânico e comecei a trabalhar na TV, já tinha isso das escolas chamarem para desfilar. Lembro que no primeiro ano a Dragões (da Fiel) me chamou. Aí eu falei, “ah,  não vou perder meu Carnaval, vou descansar. A escola que eu queria não me chamou.” Aí beleza, fiquei quieta. No ano seguinte, no meu segundo ano de TV, a Rosas de Ouro me chama. O legal da minha história com a Rosas é que minha mãe é Roseira e quando eu era pequenininha, no carnaval, dormia na sala e minha mãe me acordava quando a Rosas de Ouro estava passando para pular o Carnaval junto com ela ali. A gente fica vendo toda a escola. Ela só me acordava na Rosas de Ouro. Então, eu falava que só iria sair numa escola se fosse a Rosas de Ouro. No segundo ano eles me chamaram, fui lá e conversei com a Angelina, a presidente, foi um amor no primeiro encontro nosso e estou lá há nove anos.

Thais Bianca-Revista Portfolio-Foto Trumpas (5)

LUIZ ALBERTO: Então vamos esperar Thais Bianca na passarela do samba no ano que vem. Eu vou estar lá batendo palmas para você.

THAIS BIANCA: Obrigada! Olha, o enredo está lindo. A gente pode marcar uma outra matéria lá no Carnaval.

LUIZ ALBERTO: Vai ser ótimo! Eu vou amar. Vou amar. Você desfila para a Rosas de Ouro em São Paulo e no Rio de Janeiro, você não quis desfilar?

THAIS BIANCA: Fui. No ano retrasado desfilei pela Vila Isabel. Mas, posso falar, não é que não gostei, mas é que em São Paulo estou tão em casa e lá é o Carnaval é gigante, achei muito frio. Fui assaltada... Sem estrutura nenhuma, aqui a gente tem uma super estrutura. E foi muito cansativo, fiquei doente, porque exige muito. Entro num processo de preparação de corpo, de resistência para aguentar passar a avenida...

LUIZ ALBERTO: Além de chuva, sol, ensaios e tudo mais.

THAIS BIANCA: Sim, debaixo de chuva. Eu saí daqui na quarta-feira, porque o desfile lá era na quinta. Voltei para cá na sexta, desfilei aqui, quando ainda não tinha algum compromisso no outro dia. O resultado é que no dia do Desfile das Campeãs eu estava no hospital. Porque meu corpo não aguentou.

LUIZ ALBERTO: Meu Deus!

THAIS BIANCA: Aí eu pensei, vou ficar só com uma escola mesmo. Rio, se for, é para se divertir.

LUIZ ALBERTO: E qual é a sensação de atravessar aquela passarela do samba?

THAIS BIANCA: A sensação é única. Passa tão rápido! É um flash, uma emoção tão grande! É uma mistura de vários sentimentos. De toda a preparação que você teve, chegou o dia. Acaba sendo mais de três meses de preparação, de ensaio, então, no dia, a roupa, a fantasia, toda aquela tensão é liberada e você se joga na avenida, se diverte. E o pós é muito gostoso. Porque você está ali, mas não consegue ter noção de você mesmo. Mas, quando saio da avenida e vejo tudo, tudo o que passou, como foi, as fotos, os vídeos, aí eu me acho, né? (risos)

Thais Bianca-Revista Portfolio-Foto Trumpas (3)

LUIZ ALBERTO: (Gargalhadas) Tem que se achar, garota. Tem que se achar. Você é muito linda. Mudando de assunto, você participou da terceira temporada do Power Couple?

THAIS BIANCA: Exato. Power Couple é um reality show de casais, na época eu era casada e fiz junto com ele e ficamos em quarto lugar. Eu sai, depois voltei. Teve uma repescagem, ganhei uma prova, voltei e fiquei em quarto lugar. Mas me separei depois. Acho que todo mundo ali se separou.

LUIZ ALBERTO: (Risos) Eu não assisti. Mas me fala, participar de um reality como esse é complicado, não é não? Porque ficar ali dormindo mal, dormindo em lugares que não está acostumado.

THAIS BIANCA: É, mas me adapto muito fácil, adoro desafios, sair da minha zona de conforto, participar de tudo isso eu gosto. Pra mim não é um sacrifício. O único senão é que lá era de casal e eu não podia ser 100% a minha vontade, a minha verdade, então, era o casal. No quarto à noite não filmava, tinha uma privacidade, diferente de A Fazenda, do Big Brother, à noite a gente tinha uma intimidade, no quarto não tinha câmera. Só que eu fazia todas as provas praticamente sozinha, porque meu ex-marido não fazia, tinha medo. Mas foi uma experiência bacana. Trabalhei com Gugu, que foi sensacional.

LUIZ ALBERTO: Ah, o Gugu foi o apresentador da sua edição de Power Couple.

THAIS BIANCA: Foi o primeiro ano que ele entrou, foi quando em participei. Era só o Justus antes.

LUIZ ALBERTO: Que delicia trabalhar com um mito, não é?

THAIS BIANCA: Nossa, nem me fale. Eu já tive oportunidade de trabalhar com Silvio Santos, com Gugu, com o Emilio, uma galera com uma bagagem gigantesca.

LUIZ ALBERTO: Os Surita. Família que eu conheço. Sou muito amigo da Anne, estou sempre lá na casa deles. Tenho uma amizade muito grande com Anne. Grande mesmo. É minha amiga de paixão.

THAIS BIANCA: Ai que bacana!

LUIZ ALBERTO: Agora eu quero falar de saúde porque ninguém melhor para falar de saúde, de manter forma, do que você.

THAIS BIANCA: Por eu sempre ter estado dentro da atividade física, da dança, de estética, então, eu falo que o corpo externo bonito é consequência de um corpo interno bem cuidado. Eu brinco que nosso corpo é uma máquina e você tem que saber o que dar para sua máquina. Então, sou muito ligada em atividade física, alimentação, tudo que vai me gerar mais saúde, mais disposição para fazer todas as minhas vontades e atividades. Prezo muito pela minha saúde, gosto muito de cuidar. Quando não vou para a academia, acho que infarto. (Risos). Às vezes, no domingo, eu falo “Thais, não tem o que você fazer na academia hoje”, mas eu vou só para fazer alguma coisa, pedalar. E como sou muito agitada, isso pra mim libera energia. Sobre saúde, tento ao máximo nas minhas redes sociais, alertar as pessoas para que elas tenham essa preocupação. Porque hoje em dia, as mulheres tem uma autoestima muito baixa, ou falam, “ah, eu não consigo!” Olha, é um trabalho diário. Tem dia que estou com preguiça, hoje estou gripada, mas vou treinar perna. Se eu falar e não fizer, o objetivo não será atingido. Eu tento ali todo dia, toda hora, incentivar as pessoas também, porque só vai trazer benefícios para a vida delas.

Thais Bianca-Revista Portfolio-Foto Trumpas (4)

E chega ao fim, aqui no site, mais uma entrevista super bacana com uma pessoa genial que é a Thais Bianca. Adorei fazer. Espero que gostem tanto quanto eu. Um beijo do L A aqui de vocês, bom domingo e corre aqui em baixo no Canal Revista PORTFOLIO no YouTube para assistir mais sobre nossa bela entrevistada!



FICHA TÉCNICA

Foto: @trumpas_ l Make: @joaolom l Style: @riancampregher l Produção: @djaniraferreira @priicarlesso

VEJA MAIS

Stalkeados por Luiz Alberto: Caio Paduan. Espiritualizado, feliz e desapegado

NOSSAS CAPAS

ACOMPANHE O DIA E A NOITE DOS FAMOSOS PELO NOSSO INSTAGRAM


Stalkeados por Luiz Alberto: Thais Bianca



Portfólio TV PORTFOLIO TV

Paolla Oliveira

Paolla Oliveira

André Martinelli

André Martinelli

Isadora Ribeiro

Isadora Ribeiro

Julia Puzzuolli. Elá é um fenômeno!

Julia Puzzuolli. Elá é um fenômeno!

Julia Puzzuolli. Elá é um fenômeno!

Todos os direitos reservados l Copyright c Revista Portfolio Brasil 2017